Televendas / SAC: (11) 94446-4001 (Whatsapp)

Dieta Cariogênica e a Criançada


 

4BABiES - Dieta Cariogênica e a Criançada Campanha de Dia das Bruxas — Especial Halloween: Dieta Cariogênica e a Criançada — Fonte: autoria própria (4BABiES).

Bombons, chocolate, balinhas, caramelos… Hoje é noite de Halloween! Dia em que as crianças tocam a campainha pedindo: Gostosuras… ou aguentamos as travessuras… Que atire a primeira pedra quem nunca agradou uma criança com uma guloseima dessas. E cá pra nós: todas essas delícias têm sabor de infância! E nós, gente grande, ficamos sempre dizendo que tudo isso faz mal e estraga os dentes. Correto!

O grande problema da ocorrência de cáries em crianças está na falta de uma higienização adequada da boca. Mas é claro que o que a criança come também influencia.

Uma dieta cariogênica, como o próprio nome diz, é aquela que vai favorecer o aparecimento de cáries.

Em geral, é rica em açúcar. E criança está rodeada de açúcar, não é verdade ?!

4BABiES - Especial Halloween: Dieta Cariogênica e a Criançada Especial Halloween: Dieta Cariogênica e a Criançada.  Fonte: Smart Living Network

Não é nem a quantidade de doces ingerida que vai desencadear o processo de cárie. O que muitos artigos mostram é que a frequência de ingestão é mais determinante. Ou seja: crianças que passam o dia comendo doces a toda hora são bem mais suscetíveis à cárie do que aquelas que comem uma única vez, por exemplo.

E mais: a forma como os doces são apresentados também influencia. Em geral, balas, pirulitos, caramelos, bolachas recheadas e outros tantos doces acabam grudando no dente, ficando em contato com o esmalte dental por muito tempo. Tudo isso, aliado a uma má higienização, torna-se um prato cheio para as bactérias presentes na boca.

Portanto, a dica de sempre: caprichar na escovação e no fio dental é fundamental para evitar que a criança tenha cárie. E evitar os doces?

Não precisa ser radical e deixar a criança sem, até porque todo mundo sabe que isso não vai acontecer.

O mais importante é conscientizá-la de que não precisa exagerar. E fazer visitas periódicas ao dentista ! Sempre !

4BABiES - Drª Evelyn B. Sampaio Drª Evelyn B. Sampaio. Fonte: autoria própria (4BABiES).

Deixe uma resposta