Your SEO optimized title page contents
Televendas / SAC: (11) 99731-3049 (Whatsapp)

Benefícios do aleitamento materno para o bebê e para as mamães

A cena de uma mulher amamentando um bebê mexe com o coração de qualquer pessoa, mas, geralmente, nós só pensamos o quanto é lindo uma mãe provendo o alimento para o filho e não na quantidade de nutrientes e diversos benefícios que o ato gera.

Em função dos grandes mitos e verdades que cercam este tema, a 4babies promoveu um texto, não só para as mamães, mas para toda a família ter conhecimento sobre os benefícios do aleitamento materno.

bebê_mamando aleitamento_materno

O que diz a OMS sobre o aleitamento materno?

Em 1991, a Organização Mundial da Saúde elaborou as primeiras definições sobre o aleitamento materno, como a classificação do aleitamento exclusivo, o que significa que a criança só recebe o leite humano como alimento sem nenhum outro líquido incluso na dieta, seja água, chás e nem mamadeiras.

Até o ano de 2000, a amamentação exclusiva deveria ser mantida entre os 4 e 6 meses, porém, a partir de 2001 a OMS passou a recomendá-la com base em evidências científicas positivas sobre a sobrevivência, saúde e no desenvolvimento das crianças. Após este período, é permitido agregar líquidos e alimentos complementares à amamentação até os dois anos de idade.

Essa prerrogativa melhorou, quase na totalidade, a alimentação exclusiva para os bebês, pois conforme o Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional, cerca de 91% das famílias amamentam seus filhos apenas com leite materno até os seis meses de idade.

Vantagens do aleitamento materno para o bebê

Além de promover uma intensa interação entre mãe e filho, o leite materno é o  alimento mais completo e equilibrado para o bebê, pois dispõe da quantidade de nutrientes necessárias ao organismo.

Ao mesmo tempo, o alimento auxilia no crescimento e desenvolvimento da criança, na proteção contra possíveis infecções, alergias, cólicas, proporciona água para hidratação, bem como propicia problemas ortodônticos (dentes) e fonoaudiólogo (fala).

Para as mamães, a amamentação faz com que o útero da mulher retorne ao normal com mais facilidade e rapidez, reduz o risco de hemorragia pós-parto e - consequentemente - a anemia da mãe. Além disso, o ato ajuda com que a mãe volte ao peso normal antes de gravidez e previne o câncer de mama e ovário.

Como saber se o bebê está sendo amamentado corretamente?

Em primeiro lugar é necessário realizar a higienização da aréola para que ela permaneça limpa, macia e flexível. Em seguida, o bebê precisa estar posicionado de forma adequada: barriga do bebê em frente ao tronco da mãe. Para iniciar a amamentação, a criança deve abocanhar o bico do seio da mãe e a maior parte da aréola deve estar dentro da boca do bebê.

E agora, a 4babies eliminou todas as suas dúvidas sobre o aleitamento materno? Então, agora é o momento de pensar além dos seis meses e investir em mamadeiras para o bebê, nas quais você pode levar água, chás ou até o leite em pó para suplementar a alimentação da criança. Neste caso, conte com a 4babies para te auxiliar tanto com informações relevantes quanto no oferecimento de produtos especiais para o bebê.

Deixe uma resposta